Lia Marchese para quem acha que bolsa também pode ser arte

13.01.31 Lia Marchese - Foto Tiago Leal 2

Mais uma daquelas iniciativas sustentáveis que a gente adora. A grife Lia Marchese, que faz bolsas e acessórios, usou nessa coleção matérias-primas certificadas pelo IBAMA, as peças são produzidas com couro e peles provenientes aplicação secundária, ou seja, de animais utilizados primariamente para alimentação em suas respectivas regiões produtoras. Entre elas estão couro bovino e mestiço e peles de coelho, arraia, jacaré e cobra. Dando os toques finais, são empregados materiais artesanais, como tramas, pedras, madeira de reflorestamento, acrílico e penas, em uma mistura de culturas, cores e texturas que já é a identidade da marca.

Na contramão da produção em larga escala e das coleções com prazo de validade determinado, as bolsas e acessórios são criadas em ateliers e pensadas de forma que ultrapassem estações e anos, tornando-se preciosidades passadas por gerações. As peças, todas únicas, passam por minuciosa inspeção de qualidade e funcionalidade, o que garante durabilidade, praticidade e produtos com acabamento adequado em cada detalhe.

Tudo superlindo, não é?

13.01.31 Lia Marchese - Foto Tiago Leal 313.01.31 Lia Marchese - Foto Tiago Leal

Foto: Tiago Leal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
2 comments on “Lia Marchese para quem acha que bolsa também pode ser arte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *