Ativos biotecnológicos ajudam a pele na adaptação a mudanças climáticas

anna

Fornecedores de colágeno e elastina à estrutura cutânea, os redensificadores dérmicos são capazes de atingir as camadas mais profundas da pele. Alguns cosméticos já trazem em sua fórmula o tratamento redensificador, que contribui com o aumento de elasticidade da cútis, proporcionando firmeza na região das pálpebras, colo e pescoço.

A capacidade de renovação das células-tronco aumenta a fabricação de proteínas, prevenindo os primeiros sinais de envelhecimento. Na Anna Pegova, por exemplo, o BIO RD (redensificador e antirrugas com células-tronco vegetais e luz pulsada) possui vitamina E, SPA Touch (luz pulsada), peptídeos e ativos biotecnológicos. Segundo a esteticista Aldina Rodrigues, da franquia Anna Pegova Brasília Norte, o tratamento inclui uma máscara inovadora que estimula a contração e produção de fibras de colágeno, além de ativar a rede de sustentação da pele. “O creme reduz a flacidez e melhora o contorno facial, com efeito lifting’’, conta a esteticista.

As células-tronco vegetais adiam o aparecimento de rugas, assim como ajuda no combate àquelas já instaladas. Por essa razão, o BIO RD também é antioxidante e protege contra os raios ultravioletas, ajudando a pele se adaptar a mudanças climáticas. “Com o início do inverno, nossa pele tende a ficar mais ressecada, ou seja, fica mais propícia ao surgimento de rugas. O tratamento é ideal para aumentar a resistência’’, sugere.

Já os peptídeos, ativos de alto desempenho, estimulam a síntese da matriz extracelular (fibras e glicosaminoglicanas), sendo um dos responsáveis pelo preenchimento epidérmico na camada basal, ou seja, camada mais profunda que está em íntimo contato com o tecido conjuntivo. Eles também intensificam o processo de hidratação natural da pele.

O simples hábito de manter uma dieta saudável à base de sementes e grãos, vegetais de folhas verdes, repolho, cereais, abacate e pães integrais, já contribui no combate aos radicais livres, pois são fontes naturais de vitamina E. Na cosmética, esta vitamina age como um protetor celular, ou seja, um fotoprotetor que protege a membrana celular (fibroblastos e queratinócitos) de danos oxidativos. A vitamina E também inibe a formação de radicais livres gerados por intermédio do trabalho celular. Por fim, a luz pulsada estimula a síntese de colágeno, aumentando a microcirculação.

 

BIO RD:

– Age contra o fotoenvelhecimento;

– Auxiliam no processo de regeneração celular;

– Aumenta a microcirculação;

– Estimula a síntese de colágeno;

– Ajuda a pele a se adaptar as mudanças climáticas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *