Feira da Moda de Gramado reúne estados que representam 70% da receita de vendas do setor

0067 geral foto de Edson Pelence

 

 

Região Sul e São Paulo somam mais de dois terços dos R$ 46,7 bi em vendas/ano do segmento e detêm a maior presença no evento, que será indicativo do mercado no próximo ano.

Um dos principais setores produtivos brasileiros terá uma prévia de como será o mercado no próximo ano. É nisso que confiam os expositores da Feira da Moda de Gramado 2015. O evento será realizado de 20 a 22 de janeiro de 2015, nos pavilhões do Serra Park, em Gramado/RS. Grandes indústrias brasileiras e grupos atacadistas já confirmaram presença, atraindo lojistas dos principais centros do país.

De acordo com um estudo do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará, em 2011 o setor têxtil obteve R$ 46,7 bilhões em receitas de vendas. A maior parte deste faturamento, cerca de 70%, foi registrada nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. “A maioria dos expositores e lojistas que estarão em Gramado são justamente dessas regiões. Isso mostra a representatividade que a feira alcançou junto ao mercado, sendo um indicativo do volume de vendas possível de ser projetado quando se tem os maiores vendedores e os maiores compradores reunidos em um mesmo local”, afirma Cláudio Goerl, Diretor da Cia das Feiras, promotora da Feira da Moda de Gramado 2015.

Segundo Victor Wu, Diretor da Lofty International Group, uma das principais atacadistas de vestuários e acessórios do Brasil, a Feira de Moda de Gramado representa de 15 a 20% das vendas da empresa da coleção de outono e inverno. O objetivo da empresa – que atua com marcas como Queens e Blue Jasmine – nesta edição é manter o nível das edições anteriores. “O mercado esteve ruim em 2014, por isso é difícil fazer projeções para o próximo ano. Estamos apostando na feira como uma sinalização de como será o mercado em 2015”, destaca o diretor.

Ernesto Wachsmann, Diretor da Blue Bay, outra grande atacadista de confecção do Brasil, projeta vender 50% da coleção de inverno de sua empresa somente nos três dias da Feira da Moda de Gramado, confirmando os bons negócios das edições anteriores. “Estarei participando pela 16ª vez, e tenho certeza de que teremos boas vendas, porque essa é a data certa. Nesse período, o lojista vai à feira e compra, e preparamos sempre uma coleção diferenciada para que ele não apenas compre na feira, mas compre os produtos da Blue Bay”, ressalta o Diretor.

O Brasil está entre os 15 países que representam 81,2% da produção mundial de vestuário e é o quinto país de maior consumo aparente. “Com um mercado interno forte, apesar de algumas incertezas recentes, a Feira da Moda de Gramadose torna um momento decisivo para que fabricantes e atacadistas garantam sua produtividade”, salienta o Diretor da Cia. das Feiras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *