Descubra os produtos mais cobiçados da Black Friday 2015

black

Eletrodomésticos, eletrônicos, informática e telefonia & celulares são as categorias com maior intenção de compra

Os produtos mais desejados pelo consumidor na edição 2015 da Black Friday são os eletrodomésticos, cobiçados por 36%, de acordo com a pesquisa Black Friday no Brasil em 2015, feita pela Conversion, maior agência de SEO do Brasil. O estudo feito com internautas de todo o Brasil também apontou os eletrônicos entre os preferidos para quem deseja economizar na data, segundo 31% dos consumidores.

A pesquisa deixou aberta a escolha das categorias mais cobiçadas para a Black Friday, com cada entrevistado podendo citar os itens de preferência. Sendo assim, também apareceram na intenção do consumidor, com boa margem de interesse, produtos de informática (28%), telefonia & celulares (26%), além de moda  & acessórios (22%). A lista de preferidos ainda tem brinquedos & games (18%); cosméticos, perfumaria & bem-estar (16%), livros & revistas (14%), casa & decoração (11%), viagens (7%), outros (5%) e esporte e lazer (4%).

Maior evento do e-commerce brasileiro, a Black Friday 2015, apesar de esse ser um ano de crise (ou justamente por isso), as expectativas se mostram bastante positivas, tanto que deve haver um crescimento de 42% em relação à edição de 2014, que movimentou R$ 1,3 bilhão, e neste ano o faturamento deve atingir R$ 1,85 bilhão.

Ainda de acordo com o estudo da Conversion, 10% dos entrevistados pretendem fazer compras até R$ 100; 19% entre R$ 100,01 e R$ 200; 25% entre R$ 200,01 e R$ 400 ;e 20% entre R$ 400,01 e R$ 800. O mais surpreendente é que aqueles que planejam gastar mais de R$ 800 na sexta-feira promocional correspondem a 25% dos consumidores que aguardam a data para realizar boas compras.

Com informações detalhadas, a pesquisa mostrou que 55% dos compradores serão mulheres, 95% das pessoas de 45 a 54 anos de idade irão comprar e 47% irão aproveitar a Black Friday para presentear. Quanto à participação por classe social, a classe C lidera com 88% de intenção de compra, e a classe A tem o menor índice, 63%.

A Black Friday e o comércio eletrônico estão cada vez mais consolidados no Brasil”, analisa Diego Ivo, CEO da Conversion, que afirma ainda que a crise não foi tão prejudicial ao e-commerce. “Pelo contrário, o momento econômico do país, que é delicado, faz os consumidores mais sensíveis a preço se interessarem muito mais pelas oportunidades de compra com bons preços – e isso impulsiona o e-commerce”, conclui Ivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *